Serra do Rio do Rastro e Urubici
Maio 2015

A serra do Rio do Rastro é uma das estradas mais bonitas do mundo para rodar e conhecer. Está situada no estado de Santa Catarina, Brasil, entre os municípios de Bom Jardim da Serra e Lauro Muller. Coberta por mata atlântica, tem 12km de extensão com curvas fechadas. O mirador de Bom Jardim da Serra, a 1470 msnm, possibilita uma visão incrível da região.

A beleza do lugar, a tranquilidade da região, o ar fresco e puro, a flora, fazem que a viagem seja fantástica.

Urubici é um município de Santa Catarina. É uma pequena cidade de interior, de pouco mais de 10000 habitantes, distante a 240 km da nossa sede em Blumenau. Podemos dizer que é famosa pelo turismo aventura, onde pode se praticar trekking, ciclismo, rapel, caminhadas e cavalgadas por trilhas e outros esportes ao ar livre.

Tem também muitas atrações turística, como o Morro da Igreja, que é o terceiro ponto mais alto do Estado, com 1822mts, onde estão situadas as instalações do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Trafego Aéreo CINDACTA II da Força Aérea Brasileira, sendo a primeira estação de Radar Meteorológico de Santa Catarina. O visual do alto do Morro é de tirar o folego, e, num dia sem névoa, pode se avistar também a Pedra Furada, uma rocha basáltica com uma fenda. A serra do Corvo Branco, e as cachoeiras como a Véu da Noiva, são outros atrativos.

Primeiro dia:

Saímos cedo de Blumenau, pegamos a BR470, e como primeira parada, obrigatória, para o café da manhã em Rio do Sul. Continuamos pela SC 302, sentido Alfredo Wagner. Esta rodovia tem pouco transito, e está em boas condições. Logo a BR 282, onde as paisagens começam lentamente a mudar. Chegamos a Urubici num dia frio e com sol. A cidade é muito tranquila, e depois de pegar a permissão para ingressar ao parque São Joaquin, onde está situado o Morro da Igreja, fomos almoçar onde servem comida caseira. Uma delícia.

Já sem fome, saímos rumo ao Morro da Igreja. O visual é de tirar o folego.

Depois de disfrutar o visual, rumamos para a Serra do Corvo Branco, nome devido a uma ave de rara beleza, o Urubu-rei, de plumagem branca e detalhes coloridos, apelidada erroneamente de corvo. Esta formação rochosa é atravessada pela SC370, que passa pela localidade de Grão Para, distante a 57km de Urubici, estrada ainda de chão, com uma descida de 800metros.

Jantamos num restaurante que é uma casa grande de madeira, muito aconchegante, sobre a SC 370, antes da entrada a cascata Véu da Noiva, onde são oferecidas carnes uruguaias. Disfrutamos de um momento relaxante, degustado um bom vinho e uma ótima companhia.

Segundo dia:

Acordamos cedo, tomamos o café e saímos rumo da cascata do Avencal. Deixamos a moto no estacionamento e caminhamos até o mirante. A vista é ótima!

Logo da visita, pegamos a SC416 com destino ao mirante da Serra do rio do Rastro. A estrada é maravilhosa, em ótimas condições. A paisagem e o ar fresco e puro nos renovas as energias.

Chegamos por volta do meio-dia. É um point, onde tem muito turista, de carro e de moto, que chega a apreciar a maravilhosa visão. Apreciamos a vista, e fomos a tomar um café.

Logo do café, começamos a descida da serra sentido a Lauro Muller. A estrada tem muitas curvas, fechadas, onde os caminhões mais grandes devem manobrar para fazer as curvas. De um lado, a parede de rochas, e do outro, um visual fantástico. Subir a serra ou descer, é uma experiência que todo motociclista deve viver.